O que poderá restar da CPI da Lava Toga

Como noticiamos mais cedo, está em curso no Senado um acordo para “enxugar” o requerimento da CPI da Lava Toga, para que o pedido não seja novamente arquivado.

É provável que, dos 13 pontos sugeridos, três (ou, no máximo, quatro) sejam mantidos como objetos de investigação.

Seriam eles:

— “Recebimento, pelo ex-Ministro do STJ Cesar Asfor Rocha, de pelo menos R$ 5 milhões de reais da empreiteira Camargo Corrêa, para que criasse obstáculos ao andamento da Operação Castelo de Areia, nos termos de negociação de delação premiada do ex-Ministro da Fazenda Antonio Palocci”.

— “Participação do Corregedor Nacional de Justiça, Ministro Humberto Martins, e dos ex-Corregedores, Ministros João Otávio de Noronha e Francisco Falcão em processos de clientes de seus respectivos filhos, fato incontroverso e amplamente divulgado por diversos meios de comunicação e constatável através de mecanismo de consulta disponível no sítio eletrônico do STJ. Quanto ao primeiro Ministro, pesa ainda a acusação de ter recebido R$ 1 milhão de reais para postergar julgamento de recurso no STJ até que se aposentasse a ex-Corregedora, Ministra Eliana Calmon, nos termos de delação premiada do ex-presidente da OAS Léo Pinheiro.”

— “Exercício de atividades típicas de administração por parte de ministros em sociedade comercial, em violação ao que preceitua o artigo 36 da Lei Orgânica da Magistratura, ao artigo 135 do CPC/15 e ao artigo 39 da Lei nº 1.079/50. Entre 2011 e 2017 o Instituto Brasiliense de Direito Público – IDP, que possui como sócio-fundador o Ministro Gilmar Mendes, recebeu empréstimos que totalizam R$ 36,4 milhões do Banco Bradesco. Neste período, o Banco aceitou prorrogar cobranças, reduzir taxas e “renunciou” a aproximadamente R$ 2,2 milhões de juros. Os documentos bancários relativos às operações mostram 08 (oito) contratos e alterações
firmadas entre o IDP e o Bradesco, todas contemplando a assinatura do Ministro como avalista. Desde que o IDP pediu o primeiro empréstimo, em 2011, o Ministro Gilmar Mendes já atuou em cerca de 120 decisões do Supremo Tribunal Federal envolvendo o Bradesco (dados do STF). E mais, o Ministro é relator de 02 (dois) dos 05 (cinco) recursos que resolverão a disputa entre poupadores e bancos sobre taxas cobradas nos planos econômicos do fim da década de 1980 e início da década de 1990. A disputa envolve quantias que variam entre R$ 20 bilhões a R$ 100 bilhões”.

A íntegra do requerimento, antecipada por O Antagonista, você pode rever aqui:

O novo requerimento da CPI da Lava Toga

A CARTA NA MANGA PARA MATAR A LAVA TOGA SAIBA MAIS AQUI

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 33 comentários
  1. aceitem a redução que está(agora),de bom tamanho.quando a cpi deslanchar não vai ter quadrilhão do stf nem do senado que irá parar.o povo só acorda quando o escândalo bate a sua porta.SeTeFech

  2. Negativo Senador Alessandro nada de cortar coisa nenhuma, isso é coisa dos corruptos querendo safar as caras de seus Juízes de estimação. Se começar a cortar, não sobrará nada. Ou tudo ou tudo.

  3. NEFASTO Alcolumbre, c/o vc teve coragem de “de” primeira concluir q essa CPI ñ deveria ir PRA FRENTE!!!!!! Seu cagão, rabão preso. Agora sei c/ quem se parece BUFÃO BOBO da CORTE

  4. E o ministro Humberto Martins intimou a juíza Gabriela Hardt a esclarecer o conteúdo de um Facebook com o qual ela não tina nada a haver. Manobra diversionista do corrupto? Quem o Nomeou?

  5. “Sem comentários”! Ou seja, nao posso comentar livremente, não me sinto à vontade com isso, se eu falar a verdade, corro sério risco de ser processado pelas Justiças Supremas.

  6. Artigo no JusBrasil do ex-Juiz e Dep. por São Paulo Luiz Flávio Gomes: “Bandidagem e traficância de Gilmar com velho PSDB merece impeachment já!” Publicado ontem (19/03/2019)

  7. Sugiro também que olhem um artigo do Dep. e ex-Juiz Luiz Flávio Gomes no JusBrasil, onde o jurista acusa Gil Dantas de bandido e tráfico de influência em conluio com os tucanalhas.

    1. Esta de brincadeira? Quando penso em ditadura militar lembro-me imediatamente do general Newton Cruz montado num cavalo branco espancando os carros. Viva a democracia!

  8. Renan Alcolumbre vai ser repudiado pelos brasileiros, as redes sociais vai mostrar a sua covardia, que tem dois processos no STF, e está com medo, quem mandou cometer ilícitos❓❓❓então respond

  9. Essa CPI tem de sair e o pedido de impeachment de GM tem de ter andamento no Senado. Vamos pressionar os Senadores e principalmente o Presidente do Senado. Dia 7 de Abril todos nas ruas contra o STF.