Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

O recado de Bolsonaro para Biden

Jair Bolsonaro, em vez de ficar calado, resolveu mandar um recado para Joe Biden.

Ele publicou nas redes sociais:

“É inegável que as eleições norte-americanas despertam interesses globais, em especial, por influir na geopolítica e na projeção de poder mundiais.

Até por isso, no campo das informações, há sempre uma forte suspeita da ingerência de outras potências, no resultado final das urnas.

No Brasil, em especial pelo seu potencial agropecuário, poderemos sofrer uma decisiva interferência externa, na busca, desde já, de uma política interna simpática a essas potências, visando às eleições de 2022.

Não se trata apenas do Brasil. Devemos nos inteirar, cada vez mais, do porquê, e por ação de quem, a América do Sul está caminhando para a esquerda.

Nosso bem maior, a liberdade, continua sendo ameaçado. Nessa batalha, fica evidente que a segurança alimentar, para alguns países, torna-se tão importante e aí se inclui, como prioridade, o domínio da própria Amazônia.”

Jair Bolsonaro sabe que, se Joe Biden vencer, o Brasil deve sofrer um boicote no setor agropecuário, caso continue a depredar o ambiente. Seu recado aloprado, que mistura Estados Unidos, Europa e China, é a pior maneira de lidar com o assunto.

Um fato, porém, é evidente: Jair Bolsonaro já está se sentindo órfão de seu protetor Donald Trump, e pretende jogar o Brasil numa guerra comercial insana, isolado do resto do mundo, um pária.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO