ACESSE

"O recorrente é um cidadão comum", diz presidente do STJ sobre queixa da defesa de Lula

Telegram

O presidente do STJ, João Otávio de Noronha, rebateu as críticas que a defesa de Lula fez por não ter sido notificada do julgamento de hoje.

“Todos os dias os processos de agravo interno são julgados assim. Pode ser levado até na hora”, disse o ministro em Lisboa – onde participa do evento do IDP.

Para o presidente do STJ, Lula não deve ter tratamento diferenciado.

“O recorrente é um cidadão como qualquer outro que está cumprindo pena. Nada de incomum. Nós não julgamos processos carimbado, julgamos processo onde todo cidadão é tratado igualmente”.

Leia agora: "A doce vida dos Lula da Silva." SAIBA TUDO

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 113 comentários