O reformismo fisiológico

A Folha de S. Paulo, assim como O Globo, faz um apelo para que o sistema apodrecido aprove as reformas na economia:

“Fixadas as coisas como estão — num misto de complacência, de desânimo, de cinismo e de perplexidade —, resta aos participantes do cenário político empregar a relativa trégua estabelecida no momento para prosseguir no que há a ser feito, e é muito, nas frentes econômica e institucional.

A crise ética, que é imensa, e o colapso das contas públicas, que tão cedo não será superado, exigem a votação pronta de uma pauta de reformas a custo encetadas e ainda carentes de complementação. O país segue com seus desafios, que vão além do triste quadro da fisiologia e da corrupção.”

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;

Ler 19 comentários
  1. Porque em vez de encher o s.a.c.o com este papo furado, eles não fazem um verdadeiro jornalismo investigativo e provam a necessidade destas reformas impopulares. Ficam repetindo estas lorotas que os políticos ficam jogando ao ventilador e sequer se certificam que existe necessidade. Chega de impostos, a conta tá grande demais para pagar!!!

  2. Reformas para o povo pagar a conta dos privilégios dos criminosos mantidos no poder a qualquer custo e do perdão da dívida dos empresários larápios, que não largam as tetas do BNDES? Dá-me náuseas.

  3. Depois do trabalho insano que tiveram para desestabilizar e derrubar o governo, acenam com a bandeirinha da paz e apelam para que as reformas sejam aprovadas? Ah, tirem o tubo vai! Vocês conspiram contra o país e agora querem mudar a pauta para fingir que querem salvá-lo?

  4. E o PT?
    Na cultura só lixo: e isso é esquecido sempre!
    Pois é…
    Mas o PT dominou o Brasil com todo tipo de LIXO
    (lixo esse que nem era da “corte”, mas “pop” — baixa-cultura).
    O PT nivela por baixo…
    ——
    Um dos ícones decadentes do PT é o Caetano Veloso. rsrs
    «Caetano Meloso ser primitivo e inferior»
    Tanto subliminarmente,
 como espiritualmente.
    Caetano Veloso Comparado com o musicista Bach

    é um ser do mundo inferior.

    Regressão da audição, as tais musiquinhas.
    Não tem nada a ver com gôsto: ele é musiquinho mesmo, fraco.
    Cento e dez zeros à esquerda de Beethoven.
    Portanto a política cultural do PT era (e é) lixaço.
    Ponto final.

    ==== FIM ====

  5. SE O SISTEMA ESTÁ APODRECIDO VAMOS APELAR AOS 3 PODERES QUE SALVARÃO O BRASIL: EXERCITO, MARINHA E AERONÁUTICA……..NÃO SÃO OS COMANDOS ALINHADOS AO GOVERNO QUE MANDAM….. QUEM MANDAM A SÃO AS ARMAS !

  6. A Folha e o globo tem complexo de Estocolmo. O congresso e desgoverno Temer acabaram. Tudo que o povo espera é que esse Congresso e o Temer fiquem a toa até o fim de 2018, pois tudo que fazem foi para prejudicar o povo. O Brasil precisa de um pouquinho só de paz agora, sem a maldita reforma da previdência.

  7. A Foia falando se sistema apodrecido é realmente surrealismo puro. Quando vao acabar com o sistema apodrecido das redaçoes dos jornais, que sao sempre esse samba de uma nota só, com todas as opinioes convergindo para o mesmo ranço ideologico?

  8. Michel Temer é digno de pena. Muita pena. Assim como Lula e outros. São lixos morais. Se as reformas lhes trouxerem frutos pessoais, eles agirão nesse sentido. De resto, fica a pena, muita pena.

  9. Caramba, Antagonistas! Quer dizer que vocês agora viraram os campeões das reformas que foram comprometidas por causa da maracutaia de vocês?! É verdade isso? Não é brincadeira? Não vamos mais ter titulozinhos fuleiros que precedem postzinhos de terceira com comentariozinhos canalhas como “Devagarinho, devagarinho” e “Virou piada”? É para valer, agora? É só uma pergunta…

    1. De novo, pena! Muita pena sinto de você. Falta-lhe muitos atributos morais, berço. Sua vida deve ter lhe tirado isso. Pena.

    2. Pena: 1) “Berço” não é garantia de posse e exercício de atributos morais. Eles existem em e são exercidos por gente de todas as origens e classes sociais; 2) Se o que me falta segundo você são “atributos morais”, no plural, então, por favor, não assassine a língua portuguesa e nem demonstre a sua falta de atributos gramaticais ao escrever “falta-lhe” – use “faltam-lhe”. Obrigado.

  10. Para que isto aconteça é preciso a colaboração das centrais sindicais e, coisa que não acredito que vá acontecer, pois o presidente não tempo moral para peitar ninguém. O presidente perdeu a grande chance de entrar para história pela porta da frente, quando recebeu aquele arremedo de empresário pelas portas do fundo.