Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

O retorno de Valdete

O ministro Ricardo Lewandowski, do STF, concedeu uma liminar a Valdete Souto Severoa “presidenta” da Associação Juízes para a Democracia (AJD), aquela entidade de caráter político-partidário que acha que o Brasil está sendo “soterrado por uma plutocracia fascista”. Ela agora poderá usufruir de uma licença remunerada, para comandar a organização que preside.

Em agosto, o ministro Raimundo Carreiro, do TCU, havia determinado ao presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região a suspensão da decisão que concedeu a licença remunerada à juíza, com dinheiro público, para o exercício de atividade em uma associação privada.

“Segundo a decisão, a Lei Orgânica da Magistratura Nacional proíbe que magistrados assumam cargos de direção e técnico em associações que não sejam de classe”, anotou Carreiro em sua decisão, à época.

Lewandowski concedeu a liminar a Valdete “para suspender, cautelarmente, até o julgamento de mérito da presente reclamação, a eficácia da decisão reclamada (…), restabelecendo a decisão liberatória do Órgão Especial do TRT-4”.

Só lembrando que a AJD se manifestou em defesa do corrupto e lavador de dinheiro Lula, classificado pela organização como “preso político”.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO