O risco amizade com Lula

A reportagem da Folha deixa bem claro os riscos que o BNDES assumia ao conceder crédito milionário às empresas ligadas a Bumlai, o amigo de Lula:

“O balanço da São Fernando Energia em 2011 mostra a empresa em situação dramática. As dívidas da companhia eram 9,5 vezes maiores do que o patrimônio líquido.”

Além disso, uma auditoria independente também de 2011 afirmava que o “alto grau de endividamento” na São Fernando Açúcar e Álcool, pertencente ao mesmo grupo, deixava em dúvida a “capacidade de continuidade” da empresa.

Hoje, as empresas do grupo São Fernando têm dívidas bilionárias e centenas de credores.