Sem eleição?

O Antagonista ouviu dois ministros do TSE que alertaram para a interpretação da portaria publicada hoje por Ricardo Lewandowski. Ao dizer que o contingenciamento inviabilizará as eleições por meio eletrônico, não significa que será possível fazer o pleito pelos moldes tradicionais.

Organizar uma eleição com cédulas de papel, hoje, pode ter um custo ainda maior. Ou seja, o risco é de não ter eleição. Mas é claro que a portaria serve como meio de pressão e o contingenciamento poderá ser revertido, uma vez que o Congresso Nacional aprove a nova meta fiscal.

Faça o primeiro comentário