O rito do julgamento da chapa Dilma-Temer

O TSE determinou o rito do julgamento do processo que pede a cassação da chapa Dilma-Temer.

Em tese, serão quatro sessões:

– Terça-feira, 4 de abril: uma sessão às 9h e outra às 19h.

– Quarta-feira, 5 de abril: sessão às 19h.

– Quinta-feira, 6 de abril: sessão às 9h.

O julgamento começará com Herman Benjamin lendo um resumo das diligências, dos depoimentos, das provas, das perícias e das providências da fase de instrução processual.

Em seguida, ocuparão a tribuna do TSE os advogados de acusação e de defesa das partes envolvidas na ação. Depois, falará o representante do Ministério Público Eleitoral. Cada um terá cinco minutos.

Encerradas essas etapas, Benjamin votará. Na sequência, vão se posicionar – ainda em tese – os ministros Napoleão Nunes Maia, Henrique Neves, Luciana Lóssio, Luiz Fux, Rosa Weber e, por fim, Gilmar Mendes.

Faça o primeiro comentário