O roteiro da força-tarefa paulista

No roteiro de investigações da virtual força-tarefa paulista do MPF estão pagamentos de propina e caixa 2 para agentes públicos nas eleições de 2010, 2012 e 2014, para campanhas para presidente, governador, prefeito, deputado federal e estadual.

Entre as obras públicas contaminadas, segundo O Globo, estão as da linha 2 do metrô e as da Rodovia Carvalho Pinto.

11 comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200

  1. É uma necessidade a PF declarar guerra, em nome do povo brasileiro as urnas eletronicas fraudaveis do tofoli. Não podemos aceitar essas maquinas nem para contar galinhas. Lembramos que o gilmar é quem esta´no TSE, dai………… ele faz tudo que FHC manda. E como diz FHC ” os conservadores estão crescendo”. ou seja, a esquerda perdeu muito espaço com a roubalheira dos seus lideres. Perderam a credibilidade. Farão de tudo para manipular, tanto a massa de manobra, quanto as maquinas fraudaveis. Todos sabemos disso. ACEITAR É BURRICE. MÃOS A OBRA.