O sabor (antes) da vitória

Aceitando-se que a aprovação da PEC 241 na Câmara são favas contadas, o jantar que logo mais Michel Temer oferece a mais de 300 parlamentares tem outro ingrediente.

Com ele, o governo quer garantir uma aprovação folgada, avassaladora, incontestável, diz o Estadão.

Ontem, O Antagonista publicou que o governo espera um número de votos favoráveis semelhante ao do impeachment.