O samba do advogado

Paulo Ferreira não recebeu propina apenas para pagar a rainha da bateria da escola de samba.

Ele recebeu propina também para pagar sua campanha a deputado federal em 2014.

De acordo com Chambinho, João Vaccari Neto mandou-o destinar dinheiro da Consist para um escritório de advocacia indicado por Paulo Ferreira, Portanova Advogados.

A Folha de S.Paulo disse que “seriam repassados mensalmente para o Portanova R$ 60 mil, sendo metade para abater dívidas e a outra metade para pagamento de despesas pessoais”.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200