O SEGUNDO OPERADOR DA DRAGÃO

O segundo operador alvo da operação da PF é Rodrigo Tacla Duran, que está no exterior, segundo o Estadão.

Ele e Adir Assad, o Kibe, são apontados como operadores utilizados para pagamentos indevidos pelo Setor de Operações Estruturadas, o departamento da propina da empreiteira.

Faça o primeiro comentário