ACESSE

O senador gospel

Telegram

Os evangélicos querem eleger 15 senadores em 2018.

Atualmente, eles são apenas 3.

Entre os candidatos que devem receber o apoio dos religiosos, diz a Folha de S. Paulo, estão Flávio Bolsonaro, Marcos Pereira e a “estrela gospel” André Valadão, da banda Diante do Trono.

Para a Câmara dos Deputados, o plano é pular dos 80 membros da atual bancada evangélica para 150.

Comentários

  • Pastor -

    Interessante notar que os países de maioria católica são predominantemente corruptos e atrasados (America Latina, Portugal, Espanha, Italia, etc) e os de maioria evangélica são o oposto (Alemanha, Inglaterra, Canadá, EUA, etc). A diferença está na leitura e obediência à Bíblia. Quando alguém tendo uma saudável fonte cristalina à sua disposição, prefere beber a água poluída da tradição humana, o resultado é nefasto e de consequências eternas.

  • Bolsa-fanatismo! -

    Para os evangélicos quererem os mesmos direitos de um cidadão comum, suas igrejas milionárias devem pagar imposto de renda como empresas de arrecadação explorando a fé de incautos que votarão em pastores e bispos com a cegueira do fanatismo. As igrejas não precisam do bolsa-família pois já tem o bolsa-fanatismo!

  • MAFRA -

    SE NÃO FOR LADRÕES ÓTIMO...

Ler 30 comentários