ACESSE

O sertão vai virar coronavoucher

Telegram

O coronavoucher “leva eleitor do PT a apoiar Bolsonaro”, segundo a Época.

A reportagem foi a um antigo reduto eleitoral lulista, em que ao menos 40% dos moradores recebem a ajuda emergencial.

“Dados oficiais mostram que o valor médio pago nesse trecho isolado das bordas do sertão gira em torno de R$ 700, mais de três vezes o benefício médio do Bolsa Família, de R$ 200.”

Uma agricultora disse para a revista:

“Quando morava com minha mãe, a casa era cheia de cartazes do Lula. Meus pais idolatravam ele. Repetia na hora da refeição que só tinha comida na mesa por causa do Lula. Cresci ouvindo isso. Votei na Dilma porque o PT tirou minha família da miséria. No Haddad, por obediência a meus pais. Mas agora mudei meu voto porque o Bolsonaro foi mais generoso, provou ser mais mão aberta na crise do vírus.”

Leia mais: Os negócios de Lulinha: não tem crise para o 'Fenômeno'

Comentários

  • Eloisa -

    A fidelidade migra para quem paga mais.

  • Cirval -

    Pena que ela não saiba que o presidente aloprado queria dar apenas R$ 200,00 para eles e que ele aumentou para R$ 600,00 porque a Câmara oferecia R$ 500,00. O mérito é da Câmara e não dele.

  • Pedro -

    Isentopetralha pira digitando!!!

Ler 54 comentários