O sumiço de Pazuello

O sumiço de Pazuello
Foto: Carolina Antunes/PR

Secretários estaduais de Saúde disseram à Folha que o general Eduardo Pazuello, ministro da Saúde, desapareceu depois que foi desautorizado por Jair Bolsonaro por ter dito que o governo federal compraria milhões de doses da Coronavac, a vacina desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac.

“O sumiço do ministro tem deixado os secretários apreensivos, já que a pandemia tem agravado e eles dizem não ver possibilidade de novos fechamentos, por entenderem que a população não aceitaria.”

Mais lidas
  1. Carluxo sem imunidade

  2. "Rodrigo Maia fica ligando para autoridades de Brasília para articular a derrubada do presidente Bolsonaro!"

  3. "Não faltam pacientes nas UTIs que tomaram cloroquina"

  4. "Será que deveríamos ter deixado chegar a esse ponto?"

  5. "Covarde" e "traidor"

Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 104 comentários
TOPO