O “temor” de Favreto

O desembargador Rogério Favreto, que tentou soltar Lula no domingo, disse ao militante petista Luís Nassif em 2017 que “nós temos que ter cuidado” com os “caminhos pontuais de alguns membros do sistema de Justiça que querem às vezes até uma atuação de salvadores da pátria, de grandes combatedores da corrupção”.

Para Favreto, este comportamento enseja uma “contrarreação” legislativa por parte de parlamentares acossados por investigações.

O desembargador citou a Lei de Abuso de Autoridade e disse entender “que é uma legislação adequada, do ponto de vista de que é preciso ter uma atualização, mas que obviamente naquele texto vai haver um contra-veneno”.

“O meu temor é que nós vamos ser fragilizados do ponto de vista das carreiras da Justiça, [serão fragilizadas] as nossas prerrogativas e nós precisamos dessa proteção para agir com imparcialidade, sem temor, sem olhar o rosto do processo, ou seja, independente de quem julgamos.”

Ou seja: Favreto culpa juízes que mandam prender políticos corruptos pela reação legislativa de investigados que tira a proteção de juízes como ele para agir com imparcialidade.

Só porque Favreto foi filiado por duas décadas ao PT, nomeado por José Dirceu como assessor especial de Dias Toffoli na Casa Civil do governo Lula e indicado por Dilma Rousseff para o TRF-4, ninguém nem imagina que o desembargador plantonista olhou o rosto de Lula no processo ao tentar soltar o presidiário, muito menos que olhou, no pedido, o rosto do deputado petista Paulo Pimenta, a cuja campanha de 2006 doou 60 reais.

Imagine.

O “pacificador” Favreto

O “norte” de Favreto

Favreto, o “contramajoritário”

A pressa de Favreto em tentar soltar Lula

“[Favreto] deu causa à insegurança e confundiu a população brasileira”

As manobras retóricas do desembargador que mandou soltar Lula

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 20 comentários
  1. Traduzindo: como veio da pocilga petista, quer ter a prerrogativa formal de ferrar quando se tratar dos inimigos e libertar os corruptos lavadores de dinheiro do partido com argumentos risíveis. O CN não tem moral de fazer leis ref. à lava jato, por isso que uma intervenção bem focada seria boa.

  2. Postulado de esquerda: Aos nossos tudo, inclusive a lei. Aos inimigos nada, inclusive a lei. Ou seja, vale tudo, até linchamento explícito na mídia. Pra pensar Mário.

  3. A MANEIRA COMO FALA E AGE ESTE DESEMBARGADOR, É TIPICO DE PETISTAS VERMELHOS, OU SEJA, PARA ELES, PETISTAS, TUDO PODE, ELES SÃO OS ÚNICOS DONOS DA VERDADE E NÃO ACEITAM SER CONTRARIADOS E O PIOR, PARA MUITOS PETISTAS, SER CORRUPTO E DESVIAR DINHEIRO DO POVO NÃO É CRIME.

  4. CADÊ AS FORÇAS ARMADAS ?!

    O general Etche deve estar se divertindo ainda mais com esse século depois do novo golpe a favor de Lula. Mas Caju já havia dito; “com temer, com o stf, com tudo”

  5. Meus deuses, não é fácil arrostar o crime nesse país! “Salvador da pátria”? Tu o dizes! Moro nunca se arrogou esse título! Tenho certeza de que lhe basta o poder dizer de si mesmo: “Cumpri meu dever!” Mas se não se não é o salvador da pátria, presta poderoso concurso para que esse país seja salvo…

  6. O chupa-ovo do Lula não reúne a mínima condição de ocupar o cargo que ocupa. Se não for penalizado que seja isolado por seus pares. “Que se cumpra em até uma hora o pedido, visto que o alvará de soltura já se encontra em poder da autoridade policial”. Olha o desespero do petralha.

  7. O que mais falta numa cleptocracia é quem se disponha a brecar a corrupção política sistêmica, pronta a recompensar a gatunice planejada e executada em nível central. A escala do roubo cleptocrático tem de ser industrial para que se fartem todas as partes interessadas nos frutos da pilhagem gorda.

  8. Resumindo Favreto é um FDP que quer a todo custo fuder com o Brasil e os BRASILEIROS. Lembre-se Favreto para cada ação tem uma REAÇÃO e vc agora se colocou a vista de todos os brasileiros como um traidor da pátria um crime grave , gravíssimo.

  9. Se esse cretino não for regiamente punido será declarado o fim da República, do estado democrático.
    Todos os cidadãos estarão no perigo iminente de ver a sua liberdade cassada.
    O que esse bandido fez foi gravíssimo!!!!
    Uma nação não pode conviver com sobressaltos dessa natureza.

  10. IMAGINEM OS SENHORES SE NO TRIBUNAL FEDERAL DE PORTO ALEGRE,TINHA UM CRÁPULA DESTA PERICULOSIDADE ENRUSTIDO QUANTOS TERÃO MAIS NOS OUTROS TRFS ,PRINCIPALMENTE NO TRF DO DF.