ACESSE

O "Trabalhômetro" do governo

Telegram

Com 13 milhões de desempregados no Brasil, o governo federal quer instalar um “Trabalhômetro” na Esplanada dos Ministérios, informa a Coluna do Estadão.

“O painel eletrônico será atualizado a cada emprego gerado no país. O placar, ainda sem data para ser inaugurado, vai começar a contar os empregos a partir de 1,1 milhão, número de vagas criadas no último trimestre, segundo o IBGE. O governo estima criar 2 milhões de empregos com as novas regras previstas na reforma trabalhista. O número é a aposta da base de apoio do presidente Temer para conseguir eleger um nome desse grupo para o Planalto em 2018.

Uma versão do “Trabalhômetro” foi lançada esta semana na página oficial do governo na internet. A campanha foi criada pela Isobar, agência de publicidade que atende o Planalto. O custo do painel sairá do contrato.”

Ou seja: do nosso bolso.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 44 comentários