O tráfico internacional via Rio

Telegram

Com o aumento da fiscalização no Porto de Santos, que concentra a maior parte das ações de quadrilhas no país, o Rio de Janeiro entrou na rota do tráfico internacional de entorpecentes, juntamente com Vitória e Salvador.

Foi o que disseram investigadores ao Globo.

“Num momento em que o estado passa por uma intervenção federal na segurança, traficantes tentaram embarcar no Porto do Rio 1,3 tonelada de cocaína pura”, “avaliada pela Polícia Civil em R$ 50 milhões”.

“O carregamento dividido em dois contêineres seguiria no navio MSC Arica para a cidade de Antuérpia, na Bélgica, na próxima terça-feira. Duas empresas de exportação — responsáveis pela carga oficial, que era material de construção — serão investigadas.

Nos últimos dez meses, agentes da Receita Federal e da Polícia Federal, que ontem também estiveram no cais, fizeram quatro grandes apreensões de cocaína no Porto do Rio e em embarcações ancoradas na Baía de Guanabara. Nessas operações, foram descobertas cerca de 2,5 toneladas da droga. Em todo o ano passado, foram encontradas duas toneladas de cocaína no Porto. Ontem, foi apreendida mais da metade da droga encontrada no ano de 2017.”

O preço da cocaína é o parâmetro do sucesso no Rio

Comentários

  • café -

    Mil e trezentos quilos de cocaína pura valem no mercado R$ 50 milhões. É muito dinheiro por um pó branco alucinógeno que vicia, adoece e mata tanta gente, direta ou indiretamente, mas que também enriquece e corrompe meio mundo. Serve até aos interesses de uma trevosa ideologia vermelha.

  • mvc -

    E O porto de Paranagua, Itajai, Navegantes, Itapoá, Imbituva.....

  • Astolpho -

    Venia para usar: "A Intervenção está mexendo no ninho de ratazanas". APLAUSOS!!!!! PARA A INTERVENÇAO NA SEGURANÇA DO RIO DE JANEIRO.

Ler 26 comentários