Bob, o tragicômico II

O Antagonista já registrou aqui a alegada penúria de Bob Marques. Se tudo que diz é verdade, o ex-assessor de Dirceu é a prova de que o crime não compensa.

A última do Bob é a seguinte: Ele deveria viajar a Curitiba para entregar seu passaporte à Justiça Federal, mas não tem grana sequer para pagar a passagem. Sendo assim, Bob vai deixar seu passaporte na PF de São Paulo e um dos procuradores da Lava Jato, que estará na capital paulista para um curso de pós-graduação, ficará responsável por recolher o documento.

Bob poderia mandar pelos Correios, mas disse desconfiar do sistema postal. De fato, sob o PT, os Correios deixaram de ser confiáveis.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200