"O tsunami chegou"

“O tsunami chegou”
Foto: Reprodução/Redes Sociais

“O colapso das UTIs que se espalha pelo Brasil era previsível”, diz Fernando Reinach.

“Um mês atrás foi descoberto que o desastre em Manaus estava associado a uma nova variante brasileira do Sars-CoV-2. Na mesma semana foi demonstrado que as novas variantes se espalham rapidamente e prejudicam a eficácia de algumas vacinas. Não foi difícil concluir que um tsunami de internações e mortes se aproximava. Como sempre, nada foi feito, e o tsunami chegou (…).

O mundo já percebeu que só terão sucesso os países que vacinarem rápido a população, com vacinas de alta eficácia. Além disso precisam desenvolver e produzir rapidamente novas versões das vacinas. Pfizer e Moderna determinaram a eficácia das suas contra as variantes de Sars-CoV-2 e já estão testando novas versões. É pouco provável que Fiocruz e Butantan estejam à altura desse desafio. Sem dúvida este é o momento de diversificar o suprimento de vacinas e começar a elaborar um plano B com vacinas mais eficazes.”

Leia mais: Guedes e seu ideário foram inteiramente soterrados pelos planos de sobrevivência política do presidente da República e da sua própria reeleição
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO