O único plano de Dilma

Ao adiar o anúncio do corte de gastos para março, o governo quer ganhar a confiança do mercado, fingindo que tem um plano consistente para tirar o país da crise.

O único plano que Dilma Rousseff tenta esboçar é para escapar do impeachment ou da cassação. Nada a ver com os bons fundamentos da economia. Pelo contrário.

Faça o primeiro comentário