O vácuo no centro

Telegram

Com os extremos ocupados, os candidatos precisam agora conquistar o centro.

Diz a Folha de S. Paulo:

“A perspectiva de que o cacife eleitoral do ex-presidente decaia com o tempo aprofunda o dilema do PT. Quanto mais energia gasta na reiteração fanática de lealdade a seu líder religioso, menor o poder de barganha da legenda para o pleito de outubro.

A alta do teor de temperança na disputa também se vê no estancamento do fenômeno Jair Bolsonaro e na confirmação de sua baixa viabilidade num hipotético segundo turno. A contingência sorri mais uma vez para Marina Silva, ela mesma emblema de moderação.”

Comentários

  • Brás -

    Marina, moderada? Não quero um pouco do que o autor disso tomou.

  • Implacavel -

    VOU FACILITAR A VIDA DE VCS ...JA QUE ESTAM PRESOS A ESSE NEGOCIO DE LADO...EXISTE OS VERMELHOS QUE QUEREM ESPOLIAR O ESTADO...E OS MERITOCRATAS QUE VALORIZAM O ESTUDO E TRABALHO...ESCOLHA O SEU LADO....

  • Implacavel -

    RAPAZ ... COMO E CHATO ESSE PAPO ANTIQUADO DE ESQUERDA E DIREITA...ISSO E COISA DO SECULO PASSADO PARA MOVIMENTAR MASSAS IGONORANTES...OPS! DESCULPA ESQUECI QUE O BRASIL E CONSTITUIDO DE MASSAS IGNORANTES...

Ler 22 comentários