ACESSE

O veterano das invasões

Telegram

Deyvid Bacelar, o sindicalista que liderou a invasão do prédio da Petrobras e lá permanece, não é calouro na atividade.

Na estatal, dizem que ele foi já preso em 03/11/2015 por ter invadido dependência da Refinaria de Mataripe, na Bahia. A polícia baiana achou corretamente que invadir propriedade alheia é ilegal, ao contrário da Justiça carioca.

Bacelar está há 14 anos na Petrobras. Nos primeiros seis anos, de 2006 a 2012, foi beneficiado com 173 dias de licença para tratamento de saúde, quase um mês por ano.

De 2012 até agora parou de trabalhar na empresa para atuar no Sindicato dos Petroleiros.

COMO ELE VIROU O VICE QUE BOLSONARO QUER. Saiba mais

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 41 comentários