O voluntário Ciro Gomes

Ciro Gomes, o homem bomba do petismo, disposto a se imolar por Dilma Rousseff, deu uma entrevista ao Estadão.

Ele disse:

“Michel Temer está articulando com Cunha e conspirando faz tempo. O que ele faz é desleal e desonesto. Falei com clareza isso para a presidente”.

Ele disse também:

“O PSDB perdeu o pudor e jogou sua história na lata do lixo. Está imitando o pior do PT, que, em 1999, pregou o impeachment de Fernando Henrique. Fui para a rua contra isso com a mesma convicção que tenho hoje. Eu vou para a rua contra o impeachment de Dilma. Tenho vergonha e pena do PSDB, mas o que mais me impressiona é a deslealdade do vice, que, depois de empurrar uma montanha de múmia paralítica para dentro do governo, vem com uma carta patética para Dilma”.

Quando o Estadão perguntou se, em sua conversa com Dilma Rousseff, ela concordou com ele, Ciro Gomes não conseguiu se conter:

“Aí não posso comentar. A conversa pertence a ela. Nós conversamos sobre o Brasil, a economia, a política… Ela mais ouviu do que falou. Dilma está serena e disposta a lutar. Eu disse que sou voluntário para ajudar em tudo o que for preciso”.

A primeira missão do voluntário Ciro Gomes foi se explodir em público.

200