O voto de Bolsonaro

Militares que participam da campanha de Jair Bolsonaro repetiram apelo do primeiro turno para que o candidato do PSL não vá votar, informa a Coluna do Estadão.

Temem por sua segurança, diz a nota.

“O candidato não atendeu à recomendação na ocasião e deve fazer o mesmo domingo.”

O 1º turno foi animador, mas insuficiente para assegurar a continuidade da faxina contra a corrupção. Veja mais AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Pois é, também estive pensando nisso! Se é que os petralhas tem novo plano de mata-lo, já que o Adélio falhou da primeira vez, também acho muito arriscado, já que sabem em que secção vota.

Ler mais 88 comentários
  1. Pois é, também estive pensando nisso! Se é que os petralhas tem novo plano de mata-lo, já que o Adélio falhou da primeira vez, também acho muito arriscado, já que sabem em que secção vota.

  2. Tenha roteiro, horário, agentes q o acompanham, tudo desconhecido e pode até sair antes do domingo para local desconhecido. Tenho medo de bombas de Hezbollah, Isis, Farc, tudo aliado do pt

  3. Bolsonaro, você não se pertence mais, você pertence ao Brasil, não queremos vê-lo morto, se isto acontecer, terá sido tudo em vão. Fique em casa há perigo no ar. Não subestime a Orcrim.

  4. Seria um show para o Brasil e o mundo, mostrando a seriedade dos atentados que a inteligência militar auferiu (carro bomba, bazuca, helicóptero suicida etc), um candidato não poder votar em si mesm

  5. O homem valente e justo, sente medo. Somente os idiotas e ímpios não sentem medo. Porém, o sábio usa o medo em seu favor, para deste modo tomar as decisões mais sábias e seguras.

  6. Desnecessário e, com o perdão da palavra, irresponsável… Sua integridade agora pertence ao povo… Não se cativa pessoas para colocar em risco toda a esperança despertada. Para de show, Bolso!

    1. Depoi de eleito entra Mourão, antes entra Ciro. Como ñ suportaríamos iria ser guerra civil com uma população enfurecida caçando comunistas assassinos

    2. Acaba sim, pois se matarem ele, virá Mourão com Estado de Sítio e extradições. Depois de eleito, o perigo diminui drasticamente.

    1. Direito ele tem, mas como o próprio nome diz, é um “direito”, ele vai se quiser. Mas o homem está ainda se recuperando, queria ver você na situação dele. Além de que ainda estão querendo peg

    2. A diferença é que a morte dele antes de eleito, devolve o Brasil à lama… Depois de eleito, não interessa aos calhordas colocarem Mourão no poder. Que necessidade há dele ir votar?

  7. Poderiam isolar o perímetro na hora em que o Bolsonaro for votar, deixar só o pessoal que compões a mesa de votação e, antes disso, realizar inspeção no perímetro de votação por equipe antib

    1. Ele tem o direito de exigir um forte esquema de segurança, além de poder andar armado. Ele pode votar, e fazer o que quiser, escoltado. Quem tem que perder o convívio da sociedade é bandido.

  8. É marcante essa atitude e quanto mais cedo fosse pautaria toda a mídia.O eleitorado ficaria impressionado com a coragem.Convenceria muitos indecisos.C/segurança total da PF e assessores.

  9. É só um Sniper deste PCC, ex-militar que o Bolsonaro já era! Não precisa votar, Fazemos por vc! Fique em casa curtindo o massacre que vamos proporcionar aos CorruPTos!! Bolsonaro 17!!

    1. Simples, ele justifica a ausência, afinal ele fica em casa porque precisa, está se recuperando de um grave ferimento. Pessoas doentes ou hospitalizadas não são obrigadas a votar.

    2. Aí é problema do exército, PF, batalhão de choque, etc. Ele próprio anda armado, também. O que não dá é ele ficar eternamente recluso. Ele não tá em prisão domiciliar.

    1. É só isolarem a área, pra que ele possa votar antes. É só ele ir armado, e ir com um reforço do exército. Pronto. Ele é uma pessoa de bem. Não tem que deixar de ir às ruas.

    1. O próprio capitão pode usar a arma de fogo dele, se quiser. Ele tem direito. E quer que todos que até serem requisitos menos burocráticos, também tenham.

    2. O problema é a bolsa de colostomia, não precisa nem de um impacto direto, apenas um empurram por causa de uma explosão seria fatal. Imagine o tranco de um tiro?!

    1. Tem que ir, sob o mais forte dos aparatos de segurança. Ele não está em prisão domiciliar. E nunca foi um homem recluso. Isso é um absurdo. Ele não é bandido pra estar preso na casa dele.

    1. Como dessa vez o Brasil quase que inteiro está de olho nessas urnas eletrônicas 200% fraudáveis (só aqui uma estupidez dessas), é quase que certo que os comunistas irão tentar outro golpe sujo.

  10. As forças armadas tem que fazer o esquema de segurança do futuro presidente. Simples assim. A polícia federal por mais que tenha boa vontade já mostrou que não soube montar o esquema devidamente.

    1. O próprio Jair Bolsonaro tem o direito de andar armado, além dos seguranças. O covsrdão que atacou ele se aproveitou do empurra empurra. Agora é diferente.