OAB denuncia Bolsonaro na ONU

Os petistas da OAB estão fazendo a festa com a decisão de Jair Bolsonaro de comemorar o golpe de 1964.

Diz Jamil Chade:

“A OAB e o e o Instituto Vladmir Herzog denunciaram o presidente Jair Bolsonaro na ONU por recomendar que os quartéis promovam uma ‘comemoração adequada’ do golpe militar, ocorrido contra a democracia brasileira em 1964.

Num documento enviado aos relatores das Nações Unidas, as entidades alertam que existe uma ‘tentativa de modificar a narrativa do golpe de estado de 31 de março de 1964 no Brasil’ e que isso ocorreria por meio de ‘instruções diretas do gabinete do presidente, desconsiderando as atrocidades cometidas’.

Tanto a OAB como o Instituto Herzog consideram que tais atos ‘cometidos no mais alto nível do estado são violações dos direitos humanos e do direito humanitário’.”

Os quartéis têm uma visão diferente da de Bolsonaro sobre o que é uma “comemoração adequada”, como fica claro pela Ordem do Dia já divulgada pelo Ministério da Defesa.

Comentários

  • Jocemar -

    OAB puxadinho do PT

  • Marcos -

    Digo e repito: mudar a lei para acabar com a filiação compulsória de advogados a OAB é URGENTE. É facílimo quebrar as pernas dessa instituição politicamente enviesada

  • Gonçalo -

    A OAB esquece que ela mesmas, imprensa, setores religiosos, empresários, políticos e grande parte da população apoiaram. A OAB esquerdou tanto que até ela não faz mea-culpa do seu passado.

Ler 561 comentários