OAB diz que Operação E$quema S é 'iniciativa de criminalização da advocacia'

Em nota, a Comissão de Prerrogativas do Conselho Federal da OAB disse que a Operação E$quema S foi “mais uma clara iniciativa de criminalização da advocacia brasileira”.

Vários escritórios de advocacia foram alvo de busca e apreensão hoje, em decorrência das investigações da operação. Diversos advogados foram acusados de corrupção e lavagem de dinheiro por causa de contratos de fachada com a Fecomércio do Rio.

O presidente do Conselho Federal da OAB, Felipe Santa Cruz, é um dos delatados pelo ex-presidente da Fecomércio-RJ Orlando Diniz. Ele não está na lista dos denunciados de hoje.

Leia mais: Dias Toffoli: um retrato da pior presidência da história do Supremo Tribunal Federal
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 70 comentários
TOPO