OAB: eleições “sem a pirotecnia do marketing”

Em nota que acaba de ser divulgada, Claudio Lamachia, presidente da OAB, diz que a proibição de doações de empresas a partidos e candidatos foi “uma acertada mudança”.

“O primeiro turno da eleição deste ano mostra que foi acertada a mudança na regra eleitoral que passou a proibir doações de empresas a partidos e candidatos. A redução substancial do custo das campanhas é uma grande vitória para a sociedade brasileira. Sem a pirotecnia do marketing, os candidatos precisaram realçar suas ideias e propostas durante o período de propaganda eleitoral.”

O texto acrescenta:

“Agora, é preciso continuar buscando melhorias para o sistema eleitoral. A OAB foi à Justiça para que as doações de empresas fossem proibidas e comemorou quando teve ganho de causa no Supremo Tribunal Federal. Agora, a OAB luta pela aprovação de uma lei que tipifique o crime de caixa dois de campanha. É preciso cobrar do Congresso celeridade na aprovação de uma lei tão importante.”

Faça o primeiro comentário