Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

OAB racha e vice defende 'afastamento de disputas partidárias'

OAB racha e vice defende afastamento de disputas partidárias
Foto: Divulgação

Três dos cinco membros da cúpula da OAB lançaram hoje um manifesto em que defendem “correção de rumos que nos afaste das disputas político-partidárias” — uma crítica indireta ao presidente da entidade, Felipe Santa Cruz, que cogita se candidatar em 2022.

O manifesto é assinado por Luiz Vianna, vice-presidente da OAB; Ary Raghiant Neto, corregedor do conselho federal; e José Augusto Noronha, tesoureiro. Juntos, eles têm maioria na diretoria, formada também por Santa Cruz e pelo secretário-geral, José Alberto Simonetti.

Vianna é pré-candidato a presidente da OAB, na eleição interna que ocorre no início do ano que vem.

Sem citar Santa Cruz, o texto cobra foco maior da entidade nos problemas da classe, especialmente na pandemia, sobretudo dificuldades no acesso aos tribunais e entraves impostos ao exercício da defesa.

“Ao dispersar esforços e energias com objetivos alheios aos interesses da coletividade, a instituição muitas vezes negligencia a defesa da advocacia diante de problemas de toda sorte que surgiram ou foram agravados pelas crises que enfrentamos, potencializadas pela emergência sanitária”, diz o manifesto.

Num aceno à classe, Vianna, Raghiant e Noronha também defenderam maior participação da classe nas decisões da cúpula.

Leia aqui a íntegra do manifesto.

Leia mais: Assine a Crusoé, a revista que fiscaliza todos os poderes.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO