OAS obstruiu investigação

No relatório do indiciamento de Lula, o delegado Márcio Anselmo revela a tentativa da OAS de obstruir as investigações da Lava Jato.

A empreiteira destruiu todos os registros das contas de email de Léo Pinheiro e César Milani, “em clara destruição de provas que poderiam ser relevantes para as investigações em curso”.

Tal episódio, revelado agora, pode ter contribuído para melar o acordo da OAS com a PGR.

Faça o primeiro comentário