OAS também pagou ilegalmente Dilma

A Andrade Gutierrez não foi a única empreiteira a usar a Pepper para pagar propina à campanha de Dilma Rousseff.

A Folha de S. Paulo apurou que o presidente da OAS, Léo Pinheiro, pretende contar à Lava Jato que os 717 mil reais repassados pela empreiteira à Pepper foram destinados à presidente da República.

Faça o primeiro comentário