Obstrução permanente

O Antagonista, em 6 de maio:

A oposição tem de obstruir o ajuste fiscal.

Ele serve para encobrir um crime: a violação da Lei de Responsabilidade Fiscal. Votá-lo significa tornar-se cúmplice do crime.

O Antagonista, em 6 de outubro:

O governo quer que o Congresso Nacional, hoje, bloqueie o aumento dos salários do Judiciário.

A oposição tem de fazer de tudo para obstruir a votação.

Dilma Rousseff está sendo julgada no TCU por ter fraudado o Orçamento do ano passado, como é que ela pode decidir o Orçamento deste ano?

A presidente da República não tem legitimidade para propor ou vetar o que quer que seja.

O Antagonista, hoje:

Sem a aprovação da nova meta fiscal, o governo vai infringir a Lei Orçamentária e a Lei de Responsabilidade Fiscal em uma só tacada.

O Antagonista defende a obstrução permanente no Congresso Nacional.

Obstrução, obstrução, obstrução.


Faça o primeiro comentário