Ocuparam o Planalto

O Antagonista denunciou o plano de ocupação do Senado por parte do MST, da CUT, da UNE e assim por diante.

Eles ocuparam o Palácio do Planalto.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;

Ler 29 comentários
  1. Sim, ca fazem o jogodo PSDB/PT, a saber: mentir e acabar con Bolsonaro, horror a intervencao civil/ militar, acabar con toda possivel oposição: Cunha Dar cartaz a FHC, Serra, Alkimin. Desviar atenção das falcatruas de Aecio, ignorar solenemente toda a agenda Gramsciana em curso. Desdenhar o Foro de SP e Olavo de Carvalho. Fazer de conta que o problema do Brasil pode ser resolvido apenas na economia. Fazer crer que vamos conseguir vencer uma ordem criminosa com gritinhos. Rasgar a Constituição sempre que necessário.

  2. E mais: acabei de ler a newsletter: Mário é o cara!!! Coragem potencializada pela capacidade de falar muito em poucas palavras! O Lula é exatamente isso Mário! Você é o cara!!!!!!

  3. Dom Pedro anunciou: INDEPENDÊNCIA OU MORTE. Nós, o povo honesto que trabalha, fazemos das palavras dele, as nossas: queremos nos livrar de ideologias capengas. Queremos trabalho, saúde, segurança, educação! Se o STF tem ideologia diferente dessa, está contra o povo!!!!!!!!!!!!

  4. Há dois tipos de golpes aplicados pelo STF no Estado brasileiro. O intempestivo, em q aplicam leis q não estão escritas em lugar nenhum; e o omissivo, em q ignoram solenemente os crimes cometidos diante de seus olhos, justificando q a justiça é cega e ampliando o conceito para surda e muda tbm. Ah, o q não faz um STF acovardado.

  5. O STF terá que arcar com suas responsabilidades. Destituiu Cunha? Concordamos. Agora queremos o resto: Lula, Dilma, Palocci, Pimentel, Edinho, Mercadante, MARANHÃO, etc. O POVO (que paga impostos, que trabalha, que não rouba, que não tem segurança, que não tem escola boa, que não tem saúde; EXIGE. Senão, o BICHO VAI PEGAR!!!!!

  6. O STF tem urgências e urgências. O “caso” do possível substituto do possível presidente da república era muito, mais muito mais urgente. Afora a “criatividade” para atropelar a Constituição o STF tem a fila delinquentes amigos e a fila dos delinquentes inimigos. Espera-se que os deputados não se acovardem e defendam o poder legislativo que sofreu uma grave intervenção por parte do STF. Que fique claro não se defende o Eduardo Cunha defende-se a Constituição.

  7. MAS ISSO,TEÓRI NÃO CONSEGUE ENXERGAR. TAMBÉM O TEÓRI,TÃO PREOCUPADO EM DESTRUIR O CUNHA,ATÉ ESQUECEU,QUE DILMA E LADRA,ASSIM COMO LULA,MERCADANTE,JAQUES WAGNER PASSIVÃO E OUTROS. NA VEWRDADE,EU ACHO QUE LULA DILMA E DEMAIS CABEÇAS DA QUADRILHA,TE,M VÍDEOS GRAVADOS COMPROMETENDO MINISTROS DO SPTF,JANOT E OUTROS. NÃO TEM OUTRA EXPLICAÇÃO PRA TANTO CINISMO.

  8. !!! ME MOSTRE UMA REPORTAGEM DE CAPA DA REVISTA VEJA COM RENAN CALHEIROS!!! Isso é Armadilha Bisol!!! MARANHÃO É ALIADO DE CUNHA E SERIA MUITO BOM PARA O BRASIL! Mas a revista Veja, o coloca na capa por um “ouvi dizer que ele embolsou uma viagem para a mulher visitar o Rio”. Pessoal, vamos ficar com Maranhão, pois o PT não aceita. Elles só aceitam Arlindo Chinaglia como presidente da Câmara. Vão usar a mídia para conseguir a presidência, defenestrando qualquer oponente. Lembrem-se disso: Armadilha Bisol/contra-infos. RA? EA/Veja

  9. O conselho de sabios da tribo ressalvou que o tipo de medida tomado ontem era de carater atipico e visava um individuo em especifico.Assim sendo os outros casos podem esperar

  10. O politicamente correto não foi feito para a esquerda e sim para os imbecis da direita sem partido e sem estratégia repetirem como macacos, nesse sentido é evidente que nada farão, pois para os direitistas do brasil a ação política é pecaminosa, logo tudo que falam é: não pode, a lei não deixa, não tem como, perdemos, já era, entrega a Deus, a esquerda por 1% do governo dilma não sairia da rua nenhum dia, quebraria tudo nas cidades e aterrorizaria a tudo e a todos ate sua queda a diferença é so essa, por isso 100.000 canalhas colocam 200 milhões de joelhos por décadas.