Odebrecht contra Odebrecht

Ninguém vai festejar a soltura de Marcelo Odebrecht.

Segundo a Folha de S. Paulo, o clima em sua empreiteira “é de preocupação”.

Marcelo Odebrecht acabou pagando por crimes que outras pessoas  cometeram.

Seu pai, por exemplo.

Diz a reportagem:

“Marcelo diz que jamais se envolveu com questões relacionadas ao sítio de Atibaia. Segundo ele, foi seu pai quem decidiu bancar o mimo para Lula, e quem cuidava dos pagamentos era Alexandrino Alencar.”

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 19 comentários
  1. Marcelinho. Também acredito que nem tudo foi V. quem fez, mas sua posição era da presidência, por isso deveria saber, ou conter, coisas que seus subalternos faziam sem seu consentimento.
    O silêncio é consentimento.

  2. Festejar a soltura de um GENOCIDA?? traidor da pátria?? por causa de escroques como esse q a milhões de brasileiros morrendo nas filas do SUS por falta de atendimento,recursos,milhares de pais sem creches para seus filhos,milhares de jovens sem escola.emprego………por q esse larápio e seus comparsas ROUBARAM o dinheiro do povo!! comemoraria sim se ele mofasse na cadeia!!

  3. Marcelo promete se vingar do “diretor jurídico do grupo, Adriano Maia, da irmã, Mônica, do cunhado, Maurício Ferro, que também é diretor no grupo, e da mãe, a quem era muito ligado.
    Com o pai, Emílio Odebrecht, presidente do conselho do grupo, ele já havia brigado antes mesmo de ter sido preso, em junho de 2015.”

  4. Ele disse isso em juízo? Se falou, então cabia ao MP requerer o “conserto” e responsabilização dos demais/reais culpados. Se calou, ainda assim cabia ao MP e à Justiça buscar a verdade. Vocês não imaginam como estou preocupado e sensibilizado com a situação do MO. Digo isso porque foi muito pouco tempo de cadeia para um criminoso da categoria dele. O Brasil continua sendo o país da impunidade, temos apenas um arremedo de ação das instituições mais por esforço pessoal de abnegados que pelo interesse propriamente do Estado, representado pela maioria das autoridades.

    1. Marcelo Odebrecht merecia sim ficar a vida toda na prisão. Foi o assaltante de bilhões de dólares de nossas carteiras em conluio efetivo com o governo petista interessado somente em arrecadar muito dinheiro para se perpetuar no controle do Estado e de todas as suas benesses. Este é o Partido dos TRABALHADORES.
      Os cidadãos desse gigante adormecido, deitado eternamente em berço esplêndido, deveriam se envergonhar de ocupar o mesmo território de mega empresários do quilate de Marcelo Odebrecht e de todos os seus asseclas, semelhantes e comparsas do crime.

    1. Vamos aguardar a grande vendetta. A não ser que se entendam em novos acordos do crime pois inteligência e articulação política para isso nunca lhes faltaram.
      Diante do que roubaram, o sitiozinho de Atibaia e o apartamentinho no Guarujá, mais a propina pelas palestras inexistentes foram pequenos agrados à famiglia Lula da Silva, tal como os espelhinhos dados aos indígenas pelos portugueses em troca da exploração intensiva de suas terras.

  5. Cascata, Celinho. A empresa era, por definição, corrupta. Você conseguiu um bom refresco, com a delação em massa da cabrada safada, depois que deu um pé na rainha do frevo e do maracatu.

  6. Não se envolveu no sítio de Atibais mas se envolveu em outros ilícitos e de maiores proporções. Ninguém assume seu crime, transferir culpa é mais fácil, prevalece a regra da auto defesa. “Filho de peixe peixinho é”.