Odebrecht não explica quem são “conterraneo”, “eao” e “torrada”

Cerca de 600 codinomes presentes nas planilhas de propina da Odebrecht ainda não foram identificados pelos delatores, segundo a Folha.

É o caso de “conterraneo”, “eao” e “torrada”.

Os 20 maiores beneficiários receberam R$ 100 milhões em propina.

 

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 21 comentários
  1. “EAO” DEVE SER LEÃO (JOÃO LEÃO) VICE GOVERNADOR DA BAHIA. “CONTERRÂNEO” DEVE SER RUI COSTA, GOVERNADOR DA BAHIA E “TORRADA” DEVE SER JAQUES WAGNER, EX GOVERNADOR DA BAHIA

  2. gangue, como Nuzman e a compra da Copa. Estas sentenças tem que ser amplificadas pelos milhoes de pesssoas que foram lesadas e bens confiscados. disse:

    Estas empresas são das familias mais ricas do Brasil, além dos camargo Correa, e outros cujas fortunas os fazem os Bilderberg nacionais. Sairão Impunes dos crimes financeiros que espalharam no continente?Crimes financeiros são o produto de suas fortunas .Quantas vidas e sonhos seus crimes não mataram?Quantas vidas ceifara, e mal espalharam?Não pode ser uma tornozeleirinha e refúgio em mansões compradas com dinheiro roubado de pessoas de todo um país. Tornozeleirinha até em cavalo eles pÕe e ficam com as mentes livres para conspirarem com outras fraudes financeiras. A Justiça tem que multiplicar as penas pois tratou-se de crime que lesionou milhões de pessoas. Assim como para Lula e áqueles que ele roubou, todo o país, traficando influência e apadrinhando outros roubalhões como Cabral e

  3. A lava-jato é composta por HERÓIS!
    Dentro de um sistema judicial perverso, conseguem fazer muito.
    É um absurdo marcelinho odebrecht estar “preso” numa mansão mesmo sem ter explicado todos seus crimes.
    É um elemento capaz de PHODER com a vida de milhões de brasileiros com seus contratos fraudulentos, regados de suor popular e cobiça de políticos.

  4. São os politikús ainda não delatados e que fazem discursos moralistas nos achaques das CPIs, e que posam de honestos, igual àquela abjeta criatura, a mais honesta do planeta. Sempre refutam, através de seus “adevogådusdemerd@“, “veementemente as supostas ilações de ilicitude”. Bando de fdp! Tem que manter isso, viu?