ODEBRECHT PAGOU INDIRETAMENTE PALESTRA DE LULA

A Polícia Federal descobriu que a Odebrecht foi quem pagou por palestras de Lula na Bahia e no Panamá contratadas pela empresa Telos Empreendimentos Culturais.

A conclusão está num laudo da PF que cruza emails obtidos nos computadores do Instituto Lula com quebras de sigilo bancário e fiscal. Segundo a PF, a Telos contratou Lula por R$ 631,9 mil – o valor foi pago pela Odebrecht, que repassou à Telos um total de R$ 900 mil.

Da análise dos contratos, a PF depreendeu que a Telos figura, ao mesmo tempo, como contratante e contratada, o que “causa estranheza”.