Odebrecht protela, Moro avança

Sergio Moro se manifestou hoje nos autos do inquérito contra Marcelo Odebrecht e outros réus da empreiteira. Diante das sucessivas tentativas de retardar o julgamento, o juiz foi enfático: “O processo é uma marcha para frente.”

Ele negou pedido da defesa para ter acesso a mensagens e documentos já irrelevantes para a atual fase do processo, como extratos bancários de offshores da Odebrecht que as autoridades da Suíça enviaram ao Brasil e vídeos de depoimentos de Paulo Roberto Costa.

“Enquanto buscam retardar o julgamento com novos e intempestivos requerimentos probatórios, reclamam nas instâncias superiores pela revogação da prisão preventiva alegando excesso de prazo”.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200