Odebrecht só condena Sergio Moro

O advogado de Marcelo Odebrecht, Nabor Bulhões, entrevistado pala Folha de S. Paulo, comentou a carta de seus colegas contra a Lava Jato:

“A carta não é contra as instituições judiciárias brasileiras, mas contra abusos ocorridos no âmbito da operação”.

A Odebrecht, de fato, sempre defendeu as “instituições judiciárias brasileiras”. E as “instituições judiciárias brasileiras” sempre defenderam, com o mesmo ardor, a Odebrecht.

Para Nabor Bulhões, as “instituições judiciárias brasileiras” deveriam afastar o juiz Sergio Moro:

“Ele se deixou levar por um lado ainda no domínio das investigações de natureza inquisitorial. O processo penal se inicia depois de oferecida e recebida a denúncia. Não pode ser instrumento de opressão judicial. É a diferença entre ditaduras e democracias”.

A Odebrecht e o PT sabem tudo de democracia.

Faça o primeiro comentário