Oh, surpresa!

Imaginamos a “surpresa” da cúpula do PMDB com as moções que pedem a ruptura já.

O jogo político é, não raro, coisa de criança.