​Oi, Dilma

Mensagens encontradas no celular do ex-presidente da Andrade Gutierrez revelam que o executivo quebrava galhos para o secretário particular de Dilma, esperando em troca, é claro, benesses do Planalto.

Segundo O Globo, a história começa quando Anderson Dorneles, o secretário, teve um problema com seu celular, da operadora Oi – que era controlada pela Andrade Gutierrez.

Quem resolveu o pepino foi o diretor de operações da Oi, James Meaney.

O trabalho de James mereceu elogio, em mensagem do presidente da construtora, Otávio Azevedo: “Parabéns, James, você como ninguém pratica a regra do patrão (o cliente), especialmente este. Você conquistou para a Oi alguém que será positivo quando assuntos Oi surgirem no Palácio”.