Oi, Eike, Braskem: todos pagaram a mulher de Sérgio Cabral

Os pagamentos para a empresa de Adriana Ancelmo, mulher de Sérgio Cabral, estão sendo investigados pela Lava Jato.

Lauro Jardim listou alguns deles.

Do Metrô Rio, ela recebeu R$ 1.950.790,96.

Da CEG, R$ 865.653,53.

Da Oi, R$10.563.724,23.

Da Light, R$ 3.598.825,28.

Do Banco Schahin, R$ 726.565,64.

Da EBX de Eike Batista, R$ 1.000.000,00.

Da Braskem, R$ 2.121.763,94.

Da Fecomércio, R$13.025.183,26.

Faça o primeiro comentário