ACESSE

Olavo sobre Villas Bôas: "Um doente preso a uma cadeira de rodas"

Telegram

Olavo de Carvalho fez um comentário nojento sobre o general Villas Bôas.

Ele disse:

“Há coisas que nunca esperei ver, mas estou vendo. A pior delas foi altos oficiais militares, acossados por afirmações minhas que não conseguem contestar, irem buscar proteção escondendo-se por trás de um doente preso a uma cadeira de rodas. Nem o Lula seria capaz de tamanha baixeza.”

O general Villas Bôas é o maior líder militar do Brasil, não por ser “um doente preso a uma cadeira de rodas”, e sim por sua lucidez, por sua carreira e por sua capacidade de comando, que continuou a ser exercida apesar da cadeira de rodas.

A sordidez de Olavo de Carvalho superou todos os limites.

Bolsonaro vai ao Twitter e tenta colocar "panos quentes" na crise entre Olavo e militares. SAIBA TUDO

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 337 comentários