Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

'Olha a foto dele, é como um vilão de James Bond', diz ex-assessor de Trump, sobre Moraes

Interrogado pela PF no inquérito sobre "milícias virtuais", o fundador da rede social Gettr afirma que vai aumentar sua atuação no Brasil
Olha a foto dele, é como um vilão de James Bond, diz ex-assessor de Trump, sobre Moraes
Reprodução/YouTube/Poder360

Ex-assessor de Donald Trump, o empresário Jason Miller contou a um blog trumpista detalhes de seu interrogatório no Brasil. Como mostramos, o fundador da Gettr foi interrogado pela Polícia Federal, a mando de Alexandre de Moraes, no inquérito que apura a atuação de “milícias digitais” na desestabilização do regime democrático.

Miller disse que o procedimento durou cerca de três horas. Quando passava no raio-x do aeroporto de Brasília, agentes da PF pediram que ele os acompanhasse até uma sala. Lá, disseram que tinham uma ordem de Moraes para questioná-lo sobre com quem ele teria se reunido no Brasil.

O americano esteve na CPAC Brasil, versão bananeira da reunião de conservadores americanos, e depois no Palácio da Alvorada, com Jair Bolsonaro e Eduardo.

“Eles falaram: ‘Diga todas as pessoas com quem você se encontrou enquanto esteve no país, e quem está ajudando você com o Gettr, quem são seus representantes’. Aí eu pensei: ‘Chega, vamos ligar para a embaixada. Vamos chamar um advogado'”, afirmou Miller.

 

Miller, que ficou em silêncio, foi liberado pouco depois da intervenção da embaixada norte-americana. Durante a semana, em entrevista à Fox News,  o empresário que os juízes da Suprema Corte do Brasil são “incontroláveis e têm a capacidade de emitir intimações, mandar prender pessoas e muito mais”.

Sobre Moraes, ele ironizou. Você tem que ver a foto dele. É como um vilão de James Bond.” O ex-assessor de Trump disse também que o fato ocorrido no Brasil vai incentivá-lo a atuar mais no país. “Se essas pessoas precisam lutar tão duro assim só para conseguir liberdades básicas, vou ampliar meus esforços no Brasil.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO