ACESSE

Olímpio desiste de candidatura e diz que Bolsonaro protege "filho bandido"

Telegram

Em áudio que vem circulando pelo WhatsApp, o senador Major Olímpio, do PSL de São Paulo, anuncia que não vai mais disputar o governo do estado em 2022 e acusa Jair Bolsonaro de “proteger filho bandido”.

“Eu não gosto de ladrão. Para mim, ladrão de esquerda é ladrão. De direita, é ladrão. Se for filho do presidente, ladrão roubando junto com o presidente, eu vou dizer”, afirma Olímpio na gravação.

“Não me desviei absolutamente nada dos meus princípios, das minhas convicções ou de tudo o que, junto com Jair Bolsonaro, nos propusemos na campanha. Quem está se desviando dos princípios é o Jair Bolsonaro”, prossegue o senador.

Ele diz ainda:

“Eu estou tão enojado com a política, do que eu vi, do que eu senti, do que não estou concordando, que eu não quero mais disputar eleição para nada. […] Não, o major não é traíra com nada. Quem está traindo, tropeçando nas palavras, é o próprio Bolsonaro. […] Vou terminar o mandato de senador com dignidade. Não quero mais disputar eleições. Acabou a pretensão de disputar o governo de São Paulo. […] Eu estou pendurando as chuteiras.”

Leia também: Bolsonaro mandou investigar Witzel?

Comentários

  • Ricardo -

    Precisamos construir o NOVO caminho. A saída é partido NOVO 2022 seja que candidato for.

  • Orlando -

    Bastaria o Sr. decidir que jamais reataria relações de amizade com o JB, por considerá-lo um traidor, um falso moralista, um desleal que já resolveria o problema de sua decepção com o fingido líder. .

  • Marcos -

    Votei no Major Olímpio e tenho orgulho disso. Votei no Bolsonaro, e tenho vergonha disso.

Ler 95 comentários