ACESSE

Onde estavam Cármen e Celso de Mello?

Telegram

Carmen Lúcia e Celso de Mello não participaram do julgamento virtual do recurso de Lula, deixando Edson Fachin sozinho na Segunda Turma.

Com isso, ficou fácil para que Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes acolhessem a tese do condenado para retirar da ação penal do Instituto Lula o termo geral da delação de Antonio Palocci.

Embora os depoimentos do ex-ministro, como testemunha, permaneçam válidos no processo, a decisão abre precedente sobre a questão da imparcialidade de Sergio Moro, que é alvo de outro recurso nas mãos de Gilmar.

Este, que deverá ser julgado após a pandemia, pode anular a sentença do triplex e devolver os direitos políticos para o ex-presidiário.

Leia mais: Sergio Moro e os "exterminadores do futuro"

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 213 comentários