Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

ONS diz que Brasil deve conseguir evitar racionamento

Segundo o diretor-geral da entidade, os meses de outubro e novembro deste ano serão os mais críticos por causa do baixo nível dos reservatórios
ONS diz que Brasil deve conseguir evitar racionamento
Foto: Analogicus/Pixabay

O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) afirma que o Brasil deve conseguir evitar o racionamento de energia, apesar da crise hídrica.

A previsão, segundo Luiz Carlos Ciocchi, diretor-geral do ONS, também tende a valer para 2022.

“Para 2022, tudo leva a crer, com uma incerteza enorme no meio do caminho, que não haja racionamento.”

Os meses de outubro e novembro deste ano serão críticos, quando os reservatórios ficam com baixo nível por causa das chuvas.

“A possibilidade de riscos de problemas de pico da demanda em outubro e novembro existe, mas é para isso que fazemos um planejamento diário. Acreditamos que temos condição de enfrentar o atendimento de pico com segurança.”

Ontem, o governador de Minas Gerais, Romeu Zema, afirmou que o sistema elétrico que abastece o estado está operando no limite de sua capacidade, por causa da crise hídrica, e que há risco de desabastecimento.

“Vivemos um momento de escassez de chuvas e, consequentemente, uma crise hídrica que está se desdobrando para se tornar uma crise energética.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO