ONU manda Lula para o fim da fila

A ONU, nesta quinta-feira, desmontou a patacoada dos advogados de Lula.

Leia a reportagem de Jamil Chade, do Estadão:

“A ONU explicou que a decisão envolvia um ‘registro’ do caso.

‘Isso não implica uma decisão nem sobre sua admissibilidade e nem sobre mérito’, indicou uma nota enviada pela porta-voz da entidade, Elizabeth Throssell. ‘Significa apenas que o Comitê de Direitos Humanos olhará o caso’”.

E mais:

“Peritos da ONU admitem que o exame de conteúdo do ex-presidente pode ficar para o final de 2017. Um tratamento urgente poderia ter sido dado à queixa, mas isso não foi autorizado”.

Faça o primeiro comentário