Onyx diz que articulação política ficará com ele, não com general

Onyx Lorenzoni afirmou hoje que a Casa Civil, que ele chefiará a partir de janeiro, ficará com a missão de coordenar a articulação política do governo de Jair Bolsonaro com o Congresso, registra o Estadão.

Segundo ele, a Secretaria de Governo, que hoje faz esse meio de campo com os parlamentares, ficará responsável por assuntos federativos e pela interlocução com Estados e municípios.

Na gestão Michel Temer, a articulação política fica a cargo da Secretaria de Governo, para a qual foi indicado o general Carlos Alberto dos Santos Cruz.

A nomeação do general gerou dúvidas se as conversas com o Congresso ficariam sob responsabilidade de Santos Cruz ou de Onyx.

O deputado federal gaúcho afirmou que Bolsonaro já “bateu o martelo” sobre esse desenho.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 21 comentários
  1. Não irá dar certo este modelo e quem viver verá,os interesses lícitos e ilícitos são diversos no CN e duas frentes de governo na articulação política dará viés a desmandos e choques inevit

    1. Que consultoria? Seja clara e traga provas concretas das mesmas ditas “consultorias” serem de origem lícita e declaradas ao fisco federal não é mesmo?