ACESSE

Onyx nomeia deputado acusado de extorsão para a Casa Civil

Telegram

O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni nomeou para o cargo de assessor especial da Secretaria Especial para a Câmara o deputado federal Laudívio Carvalho (Podemos-MG), acusado por um ex-assessor parlamentar de extorsão e ameaça.

Terá salário de R$ 16.944,90 e será um dos responsáveis pela articulação política do governo.

Assim como outros políticos nomeados na Presidência, não conseguiu se reeleger para um novo mandato. Desde a posse de Jair Bolsonaro, antes mesmo de assumir cargo no Executivo, Laudívio Carvalho é uma figura frequentemente vista no terceiro andar do Palácio do Planalto.

Há duas semanas chegou ao STF queixa de um ex-assessor acusando deputado de ter exigido parte de seu salário e ameaçá-lo, caso denunciasse suposta contratação de funcionários fantasmas no gabinete. Laudívio diz que as acusações são “inverídicas e caluniosas”.

O FIM DOS AMIGOS DA ONÇA NO PLANALTO. LEIA AQUI

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 95 comentários