ACESSE

Onyx recorre para manter no STF apuração sobre caixa dois

Telegram

Onyx Lorenzoni recorreu da decisão de Marco Aurélio Mello de enviar à Justiça Eleitoral apuração preliminar sobre supostos repasses do grupo J&F a ele, por meio de caixa dois.

O advogado Adão Paiani, que defende o ministro da Casa Civil, pediu que o caso continue no STF alegando que Onyx continua deputado federal, mesmo que esteja licenciado do cargo.

Além disso, os advogados argumentam que os repasses não contabilizados alvo da investigação teriam relação com o cargo de deputado federal, e não de ministro de Estado.

Onyx Lorenzoni chega na sede do governo de transição

URGENTE: LAVA TOGA EM RISCO Saiba mais

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 41 comentários